quarta-feira, 4 de abril de 2018

Fechamento Março 2018 | R$ 393.581,31 (+3,26%)

Olá companheiros da Finansfera! 
Segue fechamento de MARÇO / 2018:

Resumo:
- Carteira [ Ativos Financeiros ] atual: R$ 393.581,31
- Valor investido no imóvel até março/18: R$ 246.287,60*
*(Todo dinheiro investido no imóvel até o momento, sem correções - valores absolutos).
- Valor Total de Patrimônio (carteira + imóvel): R$ 639.868,91

Renda Passiva:
- Renda Passiva de março/2018: R$ 2.678,51**
**(Aluguel, Juros de TD Selic, LCA, LCI, CDB, Debenture e rendimentos de FII).
A renda passiva de fevereiro cobriu 173% dos meus gastos no mês.
A renda passiva de 2018 cobriu 66% dos meus gastos no ano.

Variações no período:
- Variação da Carteira no período (março/18): 03,26%
- Variação da Carteira em 12 meses (mar/17 a mar/18): + 40%
- Rentabilidade do mês (mar/18): + 1,69%
- Rentabilidade do ano (até mar/18): + 5,56%
- Rentabilidade em 12 meses (mar/17 a mar/18): + 13,74%












Olá amigos!
Para quem gosta de gráficos, está aí! Inseri este mês os gráficos de rentabilidade por ativo, do mês de março e do acumulado de 2018! Faço com o objetivo de mostrar minha estratégia, o que está dando certo.. o que está dando errado..
Minha carteira de ações performando muito bem, com rentabilidade de 19,3% em 2018, batendo o índice. A rentabilidade geral da carteira está bem menor, puxada pela minha exposição em renda fixa.

Melhores ativos do mês: SUZB3 com 53,8% e ABEV3 com 10,2%
Piores ativos do mês: QUAL3 com -22,3% e MDIA3 com -14,3%

É.. bem vindos a renda variável. Variações dessa magnitude em apenas 1 mês.

Estou muito próximo de chegar em R$ 400K de ativos financeiros. Dependendo do mercado em abril, chegarei nesse valor nos próximos dias.

Mesmo com a alta exposição em Renda Fixa, minha carteira está com uma rentabilidade bem satisfatória. Indo devagar e sempre...

No trabalho, a baixa demanda de novos projetos ligou o sinal de alerta. Existe a possibilidade (por enquanto baixa) de eu ser dispensado. Caso isso aconteça, estou financeiramente preparado... mas, pretendo continuar trabalhando, estou estou me dedicando um pouco mais do que o habitual por aqui. Como sou CLT, a empresa teria um bom valor a ser pago...

Caso isso aconteça, ainda não sei exatamente o que faria da vida:

- Aproveitaria para fazer um ano sabático no exterior? Viajando durante 1 ano?
- Voltaria para minha cidade no interior e procuraria um emprego por lá? Vida tranquila?
- Ficaria um tempo aqui mesmo no Brasil, sem fazer nada mesmo, só Netflix e Tinder? 

Grade abraço a todos!

segunda-feira, 5 de março de 2018

Fechamento Fevereiro 2018 | R$ 381.146,84 (+0,48%)

Olá companheiros da Finansfera! 
Segue fechamento de FEVEREIRO / 2018:

Resumo:
- Carteira [ Ativos Financeiros ] atual: R$ 381.146,84
- Valor investido no imóvel até fevereiro/18: R$ 243.797,09*
*(Todo dinheiro investido no imóvel até o momento, sem correções - valores absolutos).
- Valor Total de Patrimônio (carteira + imóvel): R$ 624.943,93

Renda Passiva:
- Renda Passiva de fevereiro/2018: R$ 2.488,76**
**(Aluguel, Juros de TD Selic, LCA, LCI, CDB, Debenture e rendimentos de FII).
A renda passiva de fevereiro cobriu 53% dos meus gastos no mês.
A renda passiva de 2018 cobriu 50% dos meus gastos no ano.

Variações no período:
- Variação da Carteira no período (fevereiro/18): 0,48%
- Variação da Carteira em 12 meses (fev/17 a fev/18): + 35,5%
- Rentabilidade do mês (fev/18): + 1,23%
- Rentabilidade do ano (até fev/18): + 3,80%
- Rentabilidade em 12 meses (fev/17 a fev/18): + 12,44%















Olá amigos;

Último mês com fluxo distorcido de caixa, devido as férias que tirei em janeiro. O próximo fechamento já terei evoluções "normais". Rentabilidade boa no mês, superando os benchmarks.

Carteira do TD fechou em + 0,55% e Renda Variável (Ações, FII e ETF) em +1,93%.
Minha Renda Fixa fechou em + 0,62%.

Melhores ativos em carteira vão para UNIP6 com + 33,6% e EZTC3 com + 9,1%
Piores ativos em carteira foram TIET11 (-9,11% *posição encerrada) e QUAL3 com -6,0%

Renda Variável já corresponde a quase 30% de todo meu patrimônio (considerando o apartamento). O equilíbrio na minha carteira está me agradando. Seguindo com estudos e aportes.

Estou com uma meta este ano de ler pelo menos 1 livro por mês... e já estou na metade do 4º! Devemos manter a leitura um hábito, pois vale muito a pena.

Pretendo começar a fazer pequenas resenhas dos livros que li, até para registrar o conhecimento adquirido.

Outra novidade é que eu me mudei. Estou em alguma capital do sudeste (voltei na verdade) e reencontrando velhos amigos (e amigas....)

Se eu continuar empregado, e mantendo meu padrão de vida atual, consigo chegar ao 1º milhão em 4 anos.
O caminho é árduo, principalmente no trabalho, onde não estou encontrando motivação para trabalhar.  Porém, temos que "escolher nossas dores", em prol de um objetivo maior.

Vou falar para vocês: sinto falta de namorar! Já saí com 10 garotas desde que terminei. Ficar com alguém hoje em dia é bem fácil para falar a verdade (queria que fosse assim com meus 20 anos). O difícil é encontrar alguma garota que seja 'aquela garota'. A sensação de gostar de alguém é muito boa, deve ser assim que a galera que usa drogas se sente hahaha. E pessoal, fiquem tranquilos, não vou dar todo meu dinheiro para mulher nenhuma e bla bla bla. Sem ranço. 

Grande abraço a todos e bons investimentos!

segunda-feira, 5 de fevereiro de 2018

Fechamento Janeiro 2018 | R$ 379.315,15 (+2,11%)

Olá companheiros da Finansfera! 
Segue fechamento de JANEIRO / 2018:

Resumo:
- Carteira [ Ativos Financeiros ] atual: R$ 379.315,15
- Valor investido no imóvel até dezembro/17: R$ 241.086,51*
*(Todo dinheiro investido no imóvel até o momento, sem correções - valores absolutos).
- Valor Total de Patrimônio (carteira + imóvel): R$ 620.401,66

Renda Passiva:
- Renda Passiva de janeiro/2018: R$ 2.673,51**
**(Aluguel, Juros de TD Selic, LCA, LCI, CDB, Debenture e rendimentos de FII).
A renda passiva de janeiro cobriu 48% dos meus gastos no mês.

Variações no período:
- Variação da Carteira no período (janeiro/18): 2,11%
- Variação da Carteira em 12 meses (jan/17 a jan/18): + 43,84%
- Rentabilidade do mês (jan/18): + 2,54%
- Rentabilidade do ano (até jan/18): + 2,54%
- Rentabilidade em 12 meses (jan/17 a jan/18): + 14,04%






Olá Companheiros!

Mais um mês que se encerra... o relógio da vida vai passando e a vida vai se seguindo.

Sobre Investimentos:


Mês me rendeu uma excelente rentabilidade, de acordo com os meus parâmetros e exposição ao risco.
Ativos mais rentáveis do mês foram o UNIP6 com incríveis 34,6% e ITSA3 com 25,0%
Piores ativos foram HGLG11 com -2,2% e TIET11 com -2,1%.

Mesmo não fazendo aportes (mês de férias, provavelmente fevereiro será pior) a carteira teve um aumento de patrimônio, graças a boa rentabilidade da Bovespa e Tesouro Direto (minha carteira em TD valorizou +3,53% em janeiro).

Aos poucos, a distribuição do meu patrimônio vai se equilibrando entre o valor investido no imóvel, na renda fixa e na renda variável. Isto está acontecendo de forma natural, não estou planejando nenhuma meta de distribuição por enquanto.

Me ferrei forte em Bitcoin, e fico feliz de ter investido pouco nisso. Timming de entrada foi bem ruim, e, de longe, foi o pior investimento que já tive. Encerrei metade da minha posição com prejuízo considerável (em %.. quase 50% talvez) e deixei o resto para queimar de vez (ficou como aposta - 0,3% do meu patrimônio). Valeu o conhecimento sobre a tecnologia, e entender melhor meu comportamento (que não foi dos mais adequados) referente a variações fortes em determinados ativos.
Engraçado que eu tive conhecidos que não tem costume de investir em opções mais 'tradicionais' e colocaram dinheiro em bitcoin. É amigos... quando a informação chega no "engraxate", talvez seja hora de rever melhor suas posições...

Sobre Apartamento:


Decidi que vou vender meu apartamento. Mas não agora... Sempre monitorei o mercado e vejo que ainda não é o melhor momento. Aliás, falta pouco para quitar e tenho como estratégia a utilização do FGTS na amortização do financiamento. Mas já vi que não quero ficar com ele não.

Os entusiastas de imóveis que me perdoem, mas os números e a racionalidade estão falando mais alto ultimamente que o emocional. 

A conta é bem simples: R$ 400.000 investidos em FII iriam me gerar hoje R$ 2.800 líquido no mês.
Meu apartamento me rende R$ 1.000 bruto em aluguel. Tira-se R$ 100 da imobiliária, sobra R$ 900.
Daí, tira 27,5% de IR, sobra R$ 652,50.

Bom, eu não comprei o apê com a intenção de viver de aluguel, que isso fique bem claro. Entretanto, temos 2 referências aí: 

  • A renda é pífia comparado com o custo de oportunidade.
  • Eu poderia ter esse dinheiro me gerando R$ 2.800 líquido em FII, utilizaria R$ 1.000 para MORAR no mesmo prédio, se fosse o caso... e ainda me sobra R$ 1.800 para investir.
Sim, eu já sabia desses números a um bom tempo. Mas ainda pesava o fato de que eu "tenho um teto no meu nome". Mas ultimamente isso está fazendo cada vez menos sentido para mim. A liberdade que viver de aluguel proporciona está me atraindo mais do que a segurança de ter um teto para chamar de seu.
Imóveis valorizam? Sim... mas FII também, logo.


Sobre Vida Pessoal:

Tédio. Lendo livros, vendo séries. Saindo com alguém aqui e ali. Boring is the word.

Abraço a todos!